fbpx

 

Estudo Escolhas

 

Idealizado pelo Instituto Escolhas e realizado pelos pesquisadores Leane Cornet Naidin, Pedro da Motta Veiga e Sandra Polónia Rios do Centro de Estudos de Integração e Desenvolvimento (Cindes), o estudo analisou o funcionamento e as tendências do comércio internacional de alimentos, como o Brasil vem se posicionando nesse cenário e como os agentes privados do setor agropecuário brasileiro têm influenciado esse posicionamento. Compreender as regras e as movimentações desse jogo que estamos chamando de Diplomacia Alimentar é fundamental para que a sociedade consiga monitorar as movimentações do comércio internacional e seus reflexos para o país, sejam eles de ordem econômica, social ou ambiental.

Vídeos

 

Íntegra do seminário online.

 

Notícias

“O que aconteceu de importante para o setor agrícola foi a emergência da China e da Ásia de maneira mais geral, que representou um aumento monumental da demanda internacional pelos produtos agrícolas que o Brasil produzia (e também minério de ferro). (…)”

Trecho da entrevista de Pedro Motta Veiga, pesquisador do Cindes e autor do estudo “Diplomacia Alimentar: qual apetite do Brasil no cenário mundial? A regulação internacional da produção e do comércio de alimentos” concedida ao Nexo

Leia a íntegra.

Infográfico

Foros e âmbitos de regulação da produção e do comércio de produtos agrícolas