fbpx

Dados Macroeconômicos

Desmatamento Zero Absoluto (DZAbs)

Este cenário considera a paralização imediata do desmatamento em terras públicas e privadas em todo o Brasil. Assim, entre 2016 e 2030, todos os estados e biomas analisados apresentam taxas de desmatamento zero.

Variações percentuais de produção por produto, em relação ao ano base (2016), acumuladas até 2030.

Variações percentuais do PIB, em relação ao ano base (2016), acumuladas até 2030.

Variações percentuais do Salário, em relação ao ano base (2016), acumuladas até 2030.

Variações percentuais de consumo, em relação ao ano base (2016), acumuladas até 2030.

Desmatamento público zero em 2030 e desmatamento privado apenas sobre os estoques de elevada aptidão agrícola (DZ2)

A taxa de desmatamento em terras públicas e nas áreas privadas do bioma Mata Atlântica seguirá a tendência atual até 2020 e será normalizada para alcançar zero em 2030. O desmatamento em terras privadas na Amazônia e no Cerrado seguirá a tendência atual, mas ocorrerá apenas sobre os estoques de vegetação nativa onde é permitida a exploração em áreas com maior aptidão agrícola (estoques com aptidão acima de 0,8).

Variações percentuais de produção por produto, em relação ao ano base (2016), acumuladas até 2030.

Variações percentuais do PIB, em relação ao ano base (2016), acumuladas até 2030.

Variações percentuais do Salário, em relação ao ano base (2016), acumuladas até 2030.

Variações percentuais de consumo, em relação ao ano base (2016), acumuladas até 2030.

Desmatamento público zero em 2030 e desmatamento privado sobre todos os estoques independentemente da aptidão agrícola (DZ3)

A taxa de desmatamento em terras públicas e nas áreas privadas do bioma Mata Atlântica seguira a tendência atual até 2020 e será normalizada para alcançar zero em 2030. O desmatamento em terras privadas a Amazônia e Cerrado seguirá a tendência atual e ocorrerá sobre os estoques de vegetação nativa, onde é permitido o desmatamento, independentemente, de sua aptidão agrícola.

Variações percentuais de produção por produto, em relação ao ano base (2016), acumuladas até 2030.


Variações percentuais do PIB, em relação ao ano base (2016), acumuladas até 2030.

Variações percentuais do Salário, em relação ao ano base (2016), acumuladas até 2030.

Variações percentuais de consumo, em relação ao ano base (2016), acumuladas até 2030.


Clique aqui para fazer o download.

Apoio

O mapa traz informações sobre os déficits de Área de Proteção Permanente (APP) e Reserva Legal (RL), assim como os estoques de vegetação nativa existentes, considerando o ano base de 2016, que estão desprotegidos pela legislação vigente de acordo com a sua aptidão agrícola (maior e menor) nos estados do bioma.

Vegetação nativa desprotegida com maior aptidão agrícola em milhões de hectares

Área de vegetação nativa desprotegida pelo Código Florestal de menor aptidão agrícola, com base no ano de 2016. A aptidão é calculada levando em consideração características de solo, relevo e clima de cada região. O índice varia de 0 (menor aptidão) a 1 (maior aptidão).

Vegetação nativa desprotegida com maior aptidão agrícola em milhões de hectares

Área de vegetação nativa desprotegida pelo Código Florestal de menor aptidão agrícola, com base no ano de 2016. A aptidão é calculada levando em consideração características de solo, relevo e clima de cada região. O índice varia de 0 (menor aptidão) a 1 (maior aptidão).

Vegetação nativa desprotegida com maior aptidão agrícola em milhões de hectares

Área de vegetação nativa desprotegida pelo Código Florestal de menor aptidão agrícola, com base no ano de 2016. A aptidão é calculada levando em consideração características de solo, relevo e clima de cada região. O índice varia de 0 (menor aptidão) a 1 (maior aptidão).

Vegetação nativa desprotegida com maior aptidão agrícola em milhões de hectares

Área de vegetação nativa desprotegida pelo Código Florestal de menor aptidão agrícola, com base no ano de 2016. A aptidão é calculada levando em consideração características de solo, relevo e clima de cada região. O índice varia de 0 (menor aptidão) a 1 (maior aptidão).

Vegetação nativa desprotegida com maior aptidão agrícola em milhões de hectares

Área de vegetação nativa desprotegida pelo Código Florestal de menor aptidão agrícola, com base no ano de 2016. A aptidão é calculada levando em consideração características de solo, relevo e clima de cada região. O índice varia de 0 (menor aptidão) a 1 (maior aptidão).

Vegetação nativa desprotegida com maior aptidão agrícola em milhões de hectares

Área de vegetação nativa desprotegida pelo Código Florestal de menor aptidão agrícola, com base no ano de 2016. A aptidão é calculada levando em consideração características de solo, relevo e clima de cada região. O índice varia de 0 (menor aptidão) a 1 (maior aptidão).

Vegetação nativa desprotegida com maior aptidão agrícola em milhões de hectares

Área de vegetação nativa desprotegida pelo Código Florestal de menor aptidão agrícola, com base no ano de 2016. A aptidão é calculada levando em consideração características de solo, relevo e clima de cada região. O índice varia de 0 (menor aptidão) a 1 (maior aptidão).

Vegetação nativa desprotegida com maior aptidão agrícola em milhões de hectares

Área de vegetação nativa desprotegida pelo Código Florestal de menor aptidão agrícola, com base no ano de 2016. A aptidão é calculada levando em consideração características de solo, relevo e clima de cada região. O índice varia de 0 (menor aptidão) a 1 (maior aptidão).