fbpx

No programa Natureza Viva, Sergio Leitão fala sobre os custos invisíveis do quilo da carne bovina

Em entrevista à Rádio EBC, diretor do Escolhas destacou os resultados do estudo “Do Pasto ao Prato: subsídios e pegada ambiental da carne bovina” e a relação entre consumo e cidadania.

Em conversa com a apresentadora Mara Régia, do programa Natureza Viva, Sergio Leitão, diretor executivo do Instituto Escolhas, apresentou dados do estudo “Do Pasto ao Prato: subsídios e pegada ambiental da carne bovina”,  levantando uma reflexão aos ouvintes sobre os impostos que pagamos pelo que consumimos e qual destino deles na esfera da gestão pública.

Informações sobre a pegada ambiental, as emissões de gases de efeito estufa e o desmatamento também foram abordadas na conversa realizada em 15 de março, Dia Mundial do Consumidor, e na véspera do Dia Mundial da Conscientização sobre Mudanças Climáticas, celebrado em 16 de março.

O estudo, idealizado pelo Escolhas e lançado em janeiro deste ano, pesquisou toda a cadeia produtiva da carne bovina, desde o nascimento do bezerro até o momento em que a carne chega ao prato do consumidor.

Leia a íntegra da matéria. Para ouvir a  entrevista completa, clique aqui.

 

Rádio Nacional

No Dia Mundial do Consumidor, pesquisador fala sobre os impactos da cadeia produtiva de carne bovina

Estudo inédito “Do prato ao pasto”, apresentado pelo Instituto Escolhas, aborda os impactos econômicos e ambientais na cadeia produtiva da carne bovina.

Natureza Viva

No AR em 16/03/2020 – 14:27

Natureza Viva comemorou do Dia Mundial do Consumidor conversando com o criador e diretor do Instituto Escolhas, Sérgio Leitão, sobre o estudo “Do prato ao pasto”. A pesquisa aborda os impactos econômicos e ambientais na cadeia produtiva da carne bovina.

Com uma abordagem que acompanhou a trajetória do gado do nascimento do bezerro até a mesa do consumidor, Sérgio Leitão traduziu em números a pegada de carbono no quilo da carne bovina ao analisar as emissões de gases de efeito estufa (GEE) e o consumo de água no processo de produção.Sérgio afirma que o estudo propicia reflexão sobre os impactos do consumo de carne bovina e sobre os subsídios públicos envolvidos nesse processo. “Se eu estou consumindo carne, eu preciso saber que 10% do preço dessa carne está sendo bancada por subsídios público, então a gente precisa perguntar o que estar sendo feito como o nosso dinheiro…isto é um ato de cidadania”, conclui Sérgio.