fbpx

A blockchain e a rastreabilidade do ouro brasileiro

No dia 4, o Instituto Escolhas promoveu uma live para explicar o que é a tecnologia blockchain e como ela pode ser usada na estruturação de um sistema efetivo de rastreabilidade do ouro brasileiro.

Para falar sobre o assunto, Larissa Rodrigues, gerente de portfólio, recebeu Luciano Britto, CEO da Rhizom, empresa responsável pelo primeiro protocolo blockchain escrito 100% na América Latina. “Blochchain é um arranjo feito com tecnologias que já existiam antes desse arranjo existir. Pode-se dizer que o bitcoin inventou a blockchain, mas logo se descobriu que esse arranjo poderia ser usado para outras coisas”, afirmou Luciano.

Na sequência, ele detalhou como os protocolos blockchain podem fazer a rastreabilidade de um produto como o ouro, por meio de acordos análogos àqueles que são registrados em cartórios.

Para saber mais, acesse a íntegra desse bate-papo na área de vídeos do perfil @institutoescolhas, no Instagram.