fbpx

Escolhas discute economia e sustentabilidade em evento da RAPS

Diretores do Instituto Escolhas destacaram questão ambiental na reforma tributária

Crescimento econômico associado a inovação e meio ambiente foi a temática do debate “Imposto sobre Emissão de Carbono – Impactos e Perspectivas”, promovido pela Rede de Ação Política pela Sustentabilidade (RAPS) e realizado ontem (23), em São Paulo. O evento contou com a participação dos diretores do Instituto Escolhas Sergio Leitão e Shigueo Watanabe e buscou analisar se políticas de desoneração das exportações e de taxação sobre as emissões das importações amentariam a competitividade, induzindo as empresas a adotarem práticas inovadoras e incentivando outras que não praticam modelos mais sustentáveis.

Durante o evento, o Instituto Escolhas apresentou o estudo “Impactos Econômicos e Sociais da Tributação de Carbono no Brasil”. Segundo Shigueo Watanabe, o evento trouxe uma rica discussão não apenas sobre taxação de imposto, mas sobre a relevância dos serviços ecossistêmicos. “Por outro lado, a discussão mostrou que o estudo do Escolhas têm relevância principalmente por ter colocado a questão ambiental na temática da reforma tributária”, disse Watanabe.

O estudo desenvolvido pelo Escolhas mostra que, com a correção das distorções da cobrança do PIS/Cofins, é possível criar um imposto sobre emissões de carbono sem aumentar a carga tributária, melhorando a competitividade das empesas e facilitando a transição para uma economia de baixo carbono.