fbpx

Ministro do Meio Ambiente recebe estudos do Instituto Escolhas

Sérgio Leitão e José Sarney Filho

Sérgio Leitão, diretor de Relacionamento com a Sociedade, e Shigueo Watanabe Jr., diretor Científico, ambos do Instituto Escolhas, participaram de uma reunião nesta terça-feira (12) com o Ministro de Estado do Meio Ambiente, José Sarney Filho, e o secretário de Mudanças Climáticas e Qualidade Ambiental, Everton Frask Lucero, no gabinete do ministro, em Brasília.

A fim de expor o trabalho do Escolhas, contribuindo com a interface entre economia e meio ambiente, o encontro teve como objetivo a apresentação dos estudos “Impactos Econômicos e Sociais da Tributação do Carbono no Brasil” e “Quanto o Brasil precisa investir para recuperar 12 milhões de hectares de florestas?“, desenvolvidos pelo Instituto Escolhas. “Não fomos pedir nada, fomos repartir nossos estudos como forma de colaboração”, conta Leitão.

Bem recebido por Sarney Filho e Lucero, os estudos, de acordo com Leitão, serão um subsídio na confecção do Governo para alcançar as metas para a recuperação de 12 milhões de hectares de florestas no Brasil, contribuindo, ainda, com as discussões atuais sobre o meio ambiente. Sarney Filho apontou que o estudo será considerado para o planejamento do próximo ano, podendo ser uma ferramenta importante na implementação do plano de recuperação de florestas de 2017.

O levantamento feito pelo Escolhas conclui que a recuperação florestal custará entre R$ 31 bilhões e R$ 52 bilhões, conforme o cenário escolhido. Isso significa investimentos anuais entre R$ 2,2 bilhões e R$ 3,7 bilhões por ano durante 14 anos, a criação de 138 mil a 215 mil empregos e a arrecadação de R$ 3,9 a R$ 6,5 bilhões em impostos.