fbpx

Segundo Bernard Appy, curso no Insper apresentará diferentes alternativas de políticas públicas

Durante aulas, questão da tributação e meio ambiente será analisada do ponto de vista da teoria econômica

Ajudar as pessoas a entender como avaliar custos e benefícios nas diferentes alternativas de políticas públicas, a fim de alcançar objetivos dentro do contexto das políticas ambientais é um dos resultados esperados por Bernard Appy, diretor do Centro de Cidadania Fiscal, em relação ao curso Tributação e Meio Ambiente – parte integrante da Cátedra Economia e Meio Ambiente, lançada em novembro de 2016 como resultado da parceria entre o Instituto Escolhas e Insper.

De acordo com Appy, o curso tem como objetivo apresentar e fomentar discussões, de forma cautelosa, na aplicação da teoria tributária junto ao meio ambiente, nas questões práticas. “É importante debater de forma racional, apontando os instrumentos tributários como um estímulo às boas práticas ambientais, mas, também, trazer os tributos com suas externalidades negativas”, explica.

O curso será ministrado com um formato de 10 aulas, divididas em duas partes. Em um primeiro momento, será apresentada a teoria tributária, justificando a utilização da economia dentro do contexto ambiental, e, na segunda parte, a ideia é apresentar casos para que os estudantes possam avaliar a essência e a escassez dos instrumentos tributários, avaliando-os de acordo com os mercados em que estão inseridos. Appy revela que os temas serão a tributação do carbono, a recuperação florestal, o Imposto Territorial Rural (ITR) e a logística reversa dos resíduos sólidos – trazendo a tributação como instrumento para o processo de reciclagem.

As inscrições para o curso bateram a marca de 479 inscritos. “Esse número indica que existe interesse sobre o tema no Brasil. Apesar de ser um assunto novo e pouco avançado no país, isso nos diz que a união entre economia e meio ambiente é uma área com grande potencial de crescimento”, afirma Appy.

As aulas terão início em 6 de março, às segundas e quartas, das 18h30 às 20h30, no Insper. Serão selecionados entre 45 e 50 estudantes e as aulas serão disponibilizadas no canal do Escolhas no Youtube.